h1

Vingança

31 de maio de 2014

Quando você foi embora

só deixou o gosto de mulher traída

já não sabia se faria falta

depois da sua partida

 

mentiu até o último momento

sobre tudo aquilo que fazia

já não me importo em ouvir seu lamento

sobre tudo o que fomos um dia

 

o amor abriu espaço

para o ódio tomar conta

deixo para trás nossa história

sua desonestidade já não desaponta

 

Parto jurando minha vingança

a mais cruel que poderia fazer

criarei imagens e belos quadros

da nossa vida, agora sem você

 

Raphael Granucci Pequeno

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: