h1

Necrofilia

5 de setembro de 2013

É um pouco de masoquismo

querer alguém tanto assim,

um alguém viciado em sadismo

que me faz chegar ao fim.

 

Meu sangue vermelho e quente

contrasta com sua carícia fria,

sabendo que você não entende

quando me aproximo com poesia.

 

Choro em frente aos seus olhos fechados

e fico com medo quando estou com você.

Inseguro, medo de ser deixado

quando não tiver mais nada a oferecer.

 

Ofereço meu corpo para você possuir

e viver através da minha vida.

Buscando pela sua boca sorrir,

sem saber se é minha ou sua a ferida.

 

Mas é que ao te ver desse jeito,

sem me dar ao menos carinho,

tento me deitar no seu peito

e implorar pra não me deixar sozinho.

 

Raphael Granucci Pequeno

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: