h1

Luto

24 de junho de 2013

O seu pijama

para sempre guardado

na gaveta do quarto

não será usado.

 

O lado da cama

em que se deitava

ficará sempre incompleto,

uma não terminada oitava.

 

O cadáver se foi,

esqueceu-se de morrer

levando a esperança,

roubando o prazer.

 

Deixando-me obrigado

a interpretar sincero luto

rezando para ter força,

a tristeza um dia me amputo.

 

Em marcha fúnebre

ando pela casa.

Lágrimas que escorrem

num coração em brasa.

 

Abandono a felicidade

tão rara em minha vida,

para voltar ao negro

e sofrer por sua partida.

 

Raphael Granucci Pequeno

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: