h1

Desespéro

13 de dezembro de 2012

Troco a roupa,

arrumo a cama,

sento na sala à sua espera.

 

Ponho a mesa,

não quero que você se canse,

o chuveiro está na temperatura que você gosta.

 

Ali, no sofá, eu espero.

 

Espero você vir me salvar

da saudade e vazio

que você implantou na minha vida.

 

Conto os minutos.

A espera de sua presença me agita.

 

Mas você diz,

com toda a simplicidade,

que não vem.

 

Raphael Granucci Pequeno

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: