h1

Madrugada

6 de dezembro de 2012

Com o reencontro, tudo aquilo

que permanecia escondido

volta a se mostrar latente

em todos os sentidos.

 

Nos amamos forte e intensamente

durante toda a madrugada,

mas onde foi parar o amor

com o raiar da alvorada?

 

Tudo que foi dito no prazer

ecoa em mim como uma palavra doce.

Sonho com um tempo diferente,

como se tudo real fosse.

 

Então mais uma vez você parte

dizendo que não demora.

Deixa a saudade em toda parte,

pelo seu retorno, mal vejo a hora.

 

Raphael Granucci Pequeno

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: