h1

Noite fria de inverno

13 de julho de 2012

Quando chega essa época,

apenas mais um cobertor não basta.

Minha cama e meu peito ficam vazios

se você de mim se afasta.

 

Deito-me no escuro e sozinho,

sentindo o frio gelando até meus pés.

Quero o calor do seu corpo

e adormecer recebendo um cafuné.

 

Não posso entender

quem prefere ficar na rua tão fria,

deixando seu amor buscando calor

numa cama tão vazia.

 

Deveria ser considerado

um crime inafiançável deixar alguém

sentindo frio, numa noite fria de inverno

pois isto é prova de desdém.

 

Amor só sobrevive com o calor

de carinhos, beijos e abraços pela noite afora.

Nada é tão frio quanto a solidão,

no inverno ou verão, pra ela não tem hora.

 

Raphael Granucci Pequeno

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: