h1

Sobra a falta

17 de maio de 2012

Minhas palavras,

belas um dia,

hoje soam tristes

em minha poesia.

 

O amor não acabou,

foi tomado pela saudade.

A presença de sua falta

agride minha vaidade.

 

Faríamos tudo para estarmos juntos,

mas hoje você é tão arredio!,

quando insiste em ficar longe

sobra muito vazio.

 

Já amei esse amor rebelde,

mas pra quê tanta teimosia?

Sem você na minha cama

minha noite é sempre fria.

 

Raphael Granucci Pequeno

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: