h1

E então é Natal…

24 de dezembro de 2010

Mais um ano se encerra, como qualquer outro. Nem todos que começaram irão terminá-lo, e nem todos que o estão encerrando, começaram com a gente. Mas essa é a vida: um conjunto de perdas e ganhos, fracassos e vitórias, algo tão incerto e duvidoso que nos coloca sempre em busca de um significado. E bendita a pessoa que dividiu a vida em anos, dando-nos a sensação de um novo tempo a cada 1 de janeiro, com novas esperanças, sonhos, metas, objetivos e mais importante do que tudo, uma nova consciência.

Nossas experiências do passado servem de escada para o ano seguinte, para evitarmos os mesmos erros e realizarmos os acertos.

Portanto, antes da chegada deste novo ano só gostaria de trazê-los a reflexão: Vocês fizeram tudo que esperavam? Correram atrás de um sonho? Disseram uma palavra que faria toda a diferença no coração do outro? Prenderam-se aos seus objetivos e aos meios que os fariam chegar lá?

Disciplina é preciso, mas não podemos esquecer de alguns outros valores, que devem ser imprescindíveis na construção de um novo ano cheio de vitórias e alegrias.

Peço então mais paciência, calma, compaixão. Pense antes de falar, respire antes de pensar. Tente fazer o mínimo de julgamentos sobre a vida do outro, e coloque esses julgamentos na sua própria vida. Você é tão melhor que ele? Você é capaz de olhar a vida como um todo ou apenas aquilo que lhe convém?

Uma verdade pode ter várias versões.

Peço ainda mais perdão, mais amor, mais gratidão. Ninguém é obrigado a fazer nada por você, ou ainda arcar com suas responsabilidades, então saiba reconhecer.

Você disse “eu te amo” para a pessoa que você realmente amava?

Se você está agora ao lado desta pessoa, vire para eles e diga: Eu te amo. Vire para os seus pais e diga “eu te amo”. Se eles não estiverem aqui, diga baixinho, em forma de oração. Eu sei que eles ouvirão e isso acalentará o coração mais machucado.

Você deu o seu melhor para se tornar aquilo que você espera? Quando fazemos o nosso melhor, indo além dos nossos limites, acabamos expandindo-os, e uma vez maior, eles nunca mais voltarão a ser pequenos. Ser pequeno é para pessoas fracas, pessoas que não amam, pessoas que odeiam, pessoas mesquinhas, pessoas que negam amor por puro medo de não receberem nada em troca. Pessoas que não aprenderam que um sorriso, um beijo sincero, uma palavra de carinho ou um abraço apertado valem mais do que uma conta bancária recheada, por mais que a gente saiba o quanto o dinheiro se faz necessário em nossas vidas. Amor pode não acabar com a fome, mas com toda a certeza, sem amor você não terá motivação para buscar o seu próprio sustento.

Se tudo isso ainda não lhe tocar, pense no motivo de estar aqui hoje, comemorando essa data. Hoje, injustamente, não cantamos “parabéns para você”, mas o motivo desta festa é celebrar o nascimento de um grande pensador, filósofo, messias para a humanidade. Uma criança que mudou a história: Jesus Cristo nasceu nesse dia, e dedicou boa parte de sua vida para pregar um sentimento apenas: amor. Derivando deste, partimos a todos os outros. Você pai, quantas vezes não perdoou seu filho por puro e simples, ao mesmo tempo que grandioso, amor? Você, que nunca traiu seu companheiro ou companheira, ou seu amigo ou seu familiar porque nunca quis magoar a pessoa que você ama?

É o amor que rege a bondade e sem ele não há salvação.

Então é Natal, e o que fizemos?

Quero pensar que quando esta pergunta for feita ano que vem, ela seja respondida com “este ano eu fiz, senti e realizei amor”, no sentido mais amplo da expressão.

Feliz Natal e que 2011 seja repleto de amor e tudo de bom que ele pode trazer.

Raphael Granucci

One comment

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Raphael Granucci, Raphael Granucci. Raphael Granucci said: E então é Natal… http://t.co/zHmgDy1 […]



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: